31 de jul de 2013

Redes de organizar

Muito legais estas duas ideias para organizar o quarto da molecada! São dois racks com ar retrô inspirados em objetos esportivos: um placar e uma tabela de basquete. Ambos são feitos em madeira e metal com redes de poliéster. O bacana é que são multiuso e servem para guardar os mais diferentes tipos de objetos, principalmente os difíceis de manter organizados como bolas de futebol, basquete, etc. O placar custa U$ 196,90 e a tabela U$ 141,90, mas dá perfeitamente para arriscar umas versões caseiras, né?! “Organizadamente legaus”!

Show de Mammatus

Longe de ser um especialista no assunto, depois de ver o vídeo abaixo, eu fui pesquisar que raios eram as tais nuvens chamadas de mammatus. Segundo a Wikipédia trata-se de um termo da meteorologia aplicado ao padrão de "bolsas" que se formam na base de uma nuvem, cujo nome deriva de mamma, devido à associação ao formato de mamas ou seios. Elas não são vistas com frequência (aqui no Brasil são bem raras) e aparecem geralmente depois da passagem de uma tempestade severa. Explicações dadas, as imagens foram capturadas semana passada por Jason Asselin, morador de Michigan, EUA. Bem legais e assustadoras estas tais mammatus, hein?! “Metereologicamente legaus”!

Aston Martin 3D

Que as impressoras 3D têm dado asas à imaginação de muita gente mundo afora, não é novidade. O legal mesmo é que novidades incríveis não param de aparecer! Como no caso do neozelandês Ivan Sentch que desde janeiro iniciou um audacioso projeto com a ajuda de uma personagem principal: sua impressora Solidoodle 3D. O objetivo é construir a réplica em tamanho real de um Aston Martin DB4 para ele passear com sua família sem ter que desembolsar os milhares e milhares de dólares na compra de um carro original. Claro que o negócio não é simples, mas ele tem feito excelentes progressos desde que começou. As fotos abaixo mostram como está hoje o andamento do projeto que ainda deve consumir mais uns 4 ou 5 anos de trabalho. A última foto é de um Aston Martin DB4 "de verdade" e como deverá ficar a obra de Ivan Sentch. “Tridimensionalmente legaus”!

Saca-rolha que não saca

Sempre ouvi dizer, e procuro seguir a risca este princípio, que depois de abrir uma garrafa de vinho ela deve ser consumida totalmente. Nem que para isto você chame o vizinho para ajudar. Tá, exageros à parte, eu adoro vinho e dificilmente preciso me preocupar com este detalhe, mas não é sempre que se está disposto a beber uma garrafa sozinho. Para fechar novamente, tampas com anéis de silicone e outros tentam manter o vinho legal, mas sabemos que o problema é o contato com o oxigênio, o grande vilão da bebida. Toda esta introdução foi pra falar deste sensacional saca-rolhas que na verdade não saca rolha alguma! O Coravin funciona através de um sistema exclusivo que evita que a garrafa seja aberta.
Não, não é piada! Uma agulha fina e oca é inserida através da cortiça para extrair o vinho sem que seja preciso tirar sequer a cobertura laminada da rolha. A garrafa é então pressurizada com argônio, um gás inerte que está no ar que respiramos, e assim o vinho flui através da agulha direto para a taça. Ao retirar o Coravin, a cortiça da rolha volta a vedar-se, evitando assim que o vinho tenha contato com o oxigênio, mantendo a sua integridade e evoluindo naturalmente.
Os amantes do vinho podem adquirir o Coravin em duas versões de U$ 299,00 e U$ 279,00, sendo que a única diferença é que o primeiro vem com duas cápsulas de argônio e a segunda vem pelada. Os pequenos cilindros do gás são oferecidos no site da marca por valores que variam de U$ 10,95 a unidade até U$ 56,95 o kit com seis. Para ver o Coravin em ação, deixei um vídeo após a foto abaixo. “Pressurizadamente legaus”!

30 de jul de 2013

Caneca afundada

Há tempos eu não postava uma caneca legal como a Titanic. A diferença é que esta aqui não é para ser usada normalmente; trata-se de um "porta-canetas-trecos-clipes-etc" de escritório. O nome explica tudo: o seu formato a faz parecer que está afundando na mesa. A criação é de Luka Or para a Monkey Business. Cada uma mede 12 x 8 x 8,5 cm, tem 3 opções de cores e custa U$ 15,00. "Afundadamente legaus"!

Anel de cutelo

Tem gente que vai achar cool e tem gente que vai achar horroroso; vai do gosto de cada um. Eu achei inusitado e divertido; tenho certeza que algumas das minhas amigas chefs de cozinha iriam curtir bastante. Seja como for, ele no mínimo chama a atenção, mas claro que não precisa se lambuzar de ketchup como na foto. A não ser que você vá numa festa de Halloween. A réplica de um cutelo transformada em anel é obra do designer e ourives Raul Souza, que sim, é brasileiro, e há mais de 25 anos se dedica ao ramo joalheiro. A lâmina do cutelinho de dedo é feita em prata e o cabo usa madeira reciclada. Custa U$ 220,00 em sua página no Etsy; em seu site não encontrei à venda. "Cortantemente legaus"!

Paisagens corporais

Definitivamente o fotógrafo Carl Warner não curte clicar simples paisagens. Depois de ficar conhecido por suas impressionantes imagens usando os mais variados tipos de alimentos, agora ele vem com o projeto batizado de Otherscapes (mais conhecido como Bodyscapes). Como o nome diz, montanhas, cavernas e vales são criados usando unicamente corpos humanos. E se formações geológicas têm nome, cada "paisagem-humana" recebeu um baseado em suas características, neste caso as partes do corpo e sua pose. Vale da Mulher Reclinada e Deserto dos Homens Adormecidos são alguns deles. "Geologicamente legaus"!
Valley of the Reclining Woman
Headless Horizon
The Desert of Sleeping Men
Cut Throat Valley
Shoulder Hill Vallet
The Cave of Abdo-men
Shin Knee Valley

Bolo de Júpiter

Ela já tinha feito sucesso na web com uma versão do planeta Terra e agora resolveu escolher algo um pouquinho maior. Seu eleito desta vez foi Júpiter, o maior planeta do sistema solar. Embora seja uma pós-graduanda em Zoologia, a australiana Rhiannon adora fazer bolos e criou o blog Cakecrumbs, onde posta tudo sobre suas paixões culinárias e experiências com forno e fogão. Seu "Jupiterzão" não segue escalas, mas tenta ser o mais fiel possível às características do planeta. Lá estão a característica mais marcante, a Grande Mancha Vermelha, as nuvens que cobrem a superfície e até seu interior que tem um núcleo sólido envolto por uma camada de hidrogênio metálico e hidrogênio líquido. Neste caso muito pão de ló, baunilha, manteiga, fondant, entre outros, completam a estrutura do bolão. Quem quiser ver mais, clique no link após as fotos. "Planetariamente legaus"!
Link para o Cakecrumbs

29 de jul de 2013

Abridor de mão

Ele se chama GrabOpener e foi criado pelo fotógrafo e artista visual Mark Manger. Trata-se de um eficiente e prático abridor de garrafas (também ajuda com as latinhas) que necessita apenas de uma das mãos para ser usado. Seu formato exclusivo garante que de maneira muito fácil, sem a necessidade de força, uma garrafa seja aberta. O GrOpener também é extremamente útil para pessoas com limitações no movimentos de mãos e dedos, assim como amputados (no site deles tem o vídeo de um barman que não possui uma das mãos). São dois preços: U$ 16,00 e U$ 22,00, dependendo do acabamento. “Manualmente legaus”!

Mesa de talheres

Legal demais a Let’s Eat!, uma divertida mesa criada pelo escritório de arquitetura de Barcelona Tcherassi Vilató! O que faz a diferença neste móvel são as pernas de ferro cortadas a laser em formato de garfo e faca. O resto é basicamente uma base com ripas de madeira para o tampo. A Let’s Eat! é fabricada em 3 tamanhos que variam entre 2 e 4,5 metros de comprimento e os pés podem vir em diversas opções de acabamento. O site não dá o preço, apenas as lojas onde pode ser encontrada. “Alimentavelmente legaus”!

Lenços espaciais

O velho, mas ainda ativo e sempre surpreendente telescópio espacial Hubble, é o grande responsável por esta linha de lenços! Isto porque as criações da Slowfactory usam impressões de imagens reais capturadas pelo telescópio em seus modelos feitos em seda. São três opções de tamanho com galáxias e nebulosas pra lá de legais. Quem quiser aproveitar, o site está dando 40% de desconto em toda a coleção (os preços agora estão entre U$ 50,00 e U$ 100,00). Pena que os impostos não devem ajudar. "Espacialmente legaus"!

Detonador de luz

Diferente, inusitada e muito legal a ideia desta luminária! A Mister Boom (até o nome é bacana) imita um daqueles velhos detonadores de bananas de dinamite que o Coiote adorava usar em suas tentativas de pegar o Papa Léguas. Não tem mistério: uma base de concreto ligada por fios a tubos de vidro. Basta armar o detonador puxando sua haste para cima e deixar pronto. Quando precisar de luz é só contar 3, 2, 1...e BOOM! As luzes acendem! A base de concreto pesa 11 kg, mede 25 x 25 x 55 cm e o conjunto de bananas de luz (LED) mede 28,8 x 18,5 x 32 cm e pesa 2,5 kg. Você pode comprar "dinamite" extra para iluminar ainda mais o ambiente. Criação dos alemães do estúdio Docstone. "Detonadoramente legaus"!

26 de jul de 2013

1 milhão de cores

Detesto incomodar as pessoas com assuntos recorrentes, ainda mais aqui. Só que quando você muda de casa, é muita informação acontecendo ao mesmo tempo e você acaba ficando meio paranóico. Embora eu seja filho de militar, acostumado quando criança às transferências de estados e cidades, mudança, mudança, como adulto, casado e pai, esta foi a primeira. Por isto o pessoal da Tintas Coral me convidou para divulgar seu novo app de Facebook, o “1 Milhão de Cores”. Afinal, as cores são parte fundamental numa casa, né?!
A ideia é bem bacana. Você acessa o aplicativo no Facebook, se quiser pode clicar aqui, e começa a brincadeira. O app transforma as informações do seu perfil, como os momentos marcantes, foto mais curtida ou o post mais comentado, em uma espécie de retrospectiva em vídeo. Nele, acontecimentos importantes da história da Coral vão se mesclar com a sua história, deixando esses momentos mais coloridos. Depois, se preferir, você pode editar e escolher se deseja deixar o vídeo "público" no seu perfil. Experimenta! E aproveite pra curtir a página também. Além de posts diários sobre cores, tem um monte de dicas bem legaus de decoração. No meu caso: muuuuito legais! "Coloridamente legaus!